ENTRE EM CONTATO

 


Petrópolis, RJ
BRAZIL

Site oficial do Miss Brasil Mundo e Mister Brasil CNB. O Concurso Nacional de Beleza é o evento responsável pela eleição da Miss Brasil Mundo e do Mister Brasil CNB. A vencedora representa o país no Miss World, um dos dois principais concursos de beleza do planeta. O Mister Brasil CNB participa em um dos cinco concursos que fazem parte do Grand Slam (Mr World, Mister Supranational, Mister International Mister Global ou Manhunt International) - todos licenciados do CNB no Brasil. 

Notícias

Notícias sempre atualizadas do Concurso Nacional de Beleza!

 

Bárbara Reis será o Brasil no Miss Supranational 2018

Henrique Fontes

site Barbara6.jpg

Depois de 5 anos, o CNB volta a obter a licença do Miss Supranational para a escolha da representante brasileira neste evento que faz parte do Grand Slam. A escolhida foi a Miss Mato Grosso CNB e vice-Miss Brasil CNB 2017, Bárbara Reis. Com 20 anos de idade e 1.80 m de altura, Bárbara estuda direito e trabalha como modelo. Há mais de um ano ela vem se preparando para o seu desafio internacional.

“Assisti diversas vezes às últimas edições do concurso, fiz aulas de inglês, me preparei física e mentalmente”, conta a bela morena que reside com a mãe em Sinop, norte do Mato Grosso.

Há algumas semanas, a Miss Supranational Brasil viajou para Taquari, no Rio Grande do Sul, onde recebeu preparação intensiva com a Livi Treinamento, equipe parceira do CNB. Em Porto Alegre, ela esteve com o estilista oficial do CNB, Flávio Soares, quem assina seu traje típico, seu traje de gala, e diversos vestidos que ela leva para a Polônia.

Fotos Alice Sulzbach, produção Andrisa Fregapani, Livi Treinamento.

Esta será a décima edição do Miss Supranational, um concurso que em pouco tempo tornou-se um dos 5 grandes eventos da beleza mundial. Com cenários deslumbrantes e ultramodernos, muita dança e desfiles de moda, o Miss Supranational encanta telespectadores em mais de 140 países nos quais ele é televisionado todos os anos. O concurso também será transmitido ao vivo na sua fan page no Facebook, no dia 7 de dezembro.

Na sua décima edição, as nove vencedoras anteriores do concurso internacional estarão presentes, no que tudo indica será um show inesquecível.

HISTÓRICO

Em 9 anos de participação, o Brasil conseguiu classificação 6 vezes, porém nunca chegou ao Top 5.

  Raquel Benetti (2013): semifinalista e eleita Miss Supranational Américas.

Raquel Benetti (2013): semifinalista e eleita Miss Supranational Américas.

Representaram o país no Miss Supra as seguintes misses:

- Karine Osório, paranaense que foi finalista do CNB 2009 representando o Acre. No primeiro Miss Supranational, o de 2009, ela foi a sexta colocada, coroada Miss Supranational Américas.

- Em 2010 foi a vez da Miss Brasil Mundo 2009, a mineira Luciana Bertolini, viajar para a Polônia. Também foi semifinalista e oitava classificada.

- No ano seguinte, em 2011, a Miss Rondônia CNB e terceira colocada no CNB Suymara Barreto, foi semifinalista e ganhou o prêmio de melhor traje típico.

- Em seguida foi a vez de Mariane Silvestre, Miss Sergipe CNB e vice-Miss Brasil Mundo 2011, hoje cantora, representar país no Miss Supranational 2012. Ela não obteve classificação.

- Raquel Benetti, gaúcha eleita vice-Miss Brasil Mundo 2013 pelo Espírito Santo e modelo internacional de sucesso, foi coroada Miss Supranational Brasil e enviada por outra organização, que seria responsável pelo envio das misses brasileiras entre 2013 e 2017. Raquel ficou em sétimo lugar e foi eleita Miss Supranational Américas. Concorreu em Minsk, Belarus.

- Foram enviadas por outra organização a baiana Mila Vieira (eleita em concurso nacional realizado em São Paulo no ano de 2014, não obteve classificação lá fora); a paulista Amanda Gomes em 2015 (não classificada) e a catarinense Clóris Junges em 2016 (Miss SC CNB e semifinalista do CNB 2016, foi enviada por outra organização e conquistou classificação entre as semifinalistas).

- Em 2017, com o abandono da licença pela outra organização, a brasiliense Thayná Lima, participante do CNB 2017 pelo Plano Piloto, foi de forma independente para a Polônia e foi semifinalista.

- Bárbara Reis do Mato Grosso será a nossa décima candidata ao título de Miss Supranational.

Uma curiosidade é que em 10 edições, o Brasil enviou candidatas que representavam 10 unidades da federação diferentes: Acre (2009), Minas Gerais (2010), Rondônia (2011), Sergipe (2012), Espírito Santo (2013), Bahia (2014), São Paulo (2015), Santa Catarina (2016), Distrito Federal (2017) e Mato Grosso (2018).

Agradecemos a Livi Treinamento, o estilista Flávio Soares, o coordenador estadual e promotor do Miss Mato Grosso CNB Welson Mesquita , órgãos do governo do MT e todos os profissionais e amigos que, de uma forma ou de outra, ajudaram a Miss Supranational Brasil nessa caminhada.

Ela embarca para a Polônia no domingo, dia 18 de novembro.

Para conhecer as 70 candidatas ao título de Miss Supranational 2018, CLIQUE AQUI.

Muito sucesso, Miss!!